04/02/2017

Namorado de Aluguel [Resenha]

Livro: Namorado de Aluguel
Autor(a): Kasie West
Páginas: 250
Editora: Verus


Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley.
O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou.  Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma. 

"Não gosto quando alguém fala "tudo bem" ou "estou bem". Minha mãe diz que essa é a mentira mais contada no nosso idioma."

Oi oi gente! Hoje venho falar do livro Namorado de Aluguel da Kasie West. Vou confessar para vocês que o que mais e atraiu quando vi o livro, foi a capa. Achei ela muito linda e fofa, e apesar de não ser um dos livros que estou acostumada a ler, fiquei com vontade de dar uma olhada. O que aconteceu quando eu li, foi que acabei me apaixonando pelo livro: A escrita é super fluída e tem um toque de humor, possibilitando entender o que Gia está sentindo e criar uma conexão com ela. 

Tive que cortar algumas partes da sinopse para vocês. A sinopse completa estava contando praticamente tudo que vai acontecer no livro. E não sei vocês, mas eu não me sentiria atraída em ler um livro onde a sinopse já diz tudo. Sorte que eu não a li, antes de acabar o livro e vir fazer esta resenha.

Na noite do baile de sua formatura, Gia foi abandonada por Bradley, o namorado gato (Idêntico ao Capitão América) que estuda na faculdade do seu irmão. E agora, ela vai ser obrigada a entrar no baile sozinha e enfrentar suas amigas que já achavam que Bradley era fruto da imaginação dela. Preocupada com o que suas amigas e Jules, sua amiga da onça, vão pensar, ela aborda um menino bonitinho que estava lendo um livro no estacionamento enquanto esperava a irmã sair do baile. E por fim, acaba o convencendo a se passar por Bradley durante o baile, e que depois termine com ela na frente das amigas. Tudo isso, só para ela não poder passar por mentirosa.

O plano corre de acordo com o planejado. Gia engana suas amigas e no final, ela e o substituto do Bradley terminam de mentirinha, com um enorme espetáculo. Agora suas amigas acreditam que o Bradley existe, mas Jules, sua amiga da onça, logo percebe que tem alguma coisa muito errada. A fim de criar intriga entre Gia e as garotas, Jules está disposta a tudo para descobrir o que há de errado nessa história.

Dias depois do baile, Gia descobre que vai ter que retribuir o favor que o seu namorado de mentirinha lhe fez: Terá que fingir ser a namorada dele durante a festa de formatura de sua ex, para que o garoto não tenha que ir sozinho e ainda sair por baixo dessa história. 

Apesar de aparentar ser bem clichê, o livro também aborda um problema bastante atual: A necessidade de aprovação nas redes sociais. Um problema que Gia sofre, e mesmo assim, não percebe. Apesar de popular, ela é uma garota solitária, mas não acha isso e sabe o por quê? Por ter vários amigos e seguidores nas redes sociais.
— Como o valor pessoal é medido hoje? Pela quantidade de curtidas em um post, pelo número de amigos que temos em uma rede, pela soma de retuítes que acumulamos? Pelo menos sabemos o que realmente pensamos antes de postarmos nossos pensamentos e deixar outras pessoas dizerem se são importantes ou não?
Ao lado de seu namorado de mentirinha, ela descobrirá novos amigos, uma nova personalidade e deixar de ser a garota superficial que se importa com o que os outros pensam dela, a mesma que apagava fotos ou tuítes que não tinham muitas curtidas, que media seu valor nesse termos. Ela descobrirá que não quer ser mais a garota popular e seguida por todos, ela só quer se encontrar e fazer ser lembrada pelo que realmente merecer.
É impossível não gostar deste livro. Os personagens se tornam apaixonantes, e o livro vai ganhando um propósito que vai muito além da sinopse, da capa e do seu título. Ele reflete a busca por quem somos de verdade e o que a internet está fazendo com o ser humano a cada dia, não só com os jovens, mas incluindo os pais também nessa jogada.

Desce para jantar. 

— Você me mandou uma mensagem para eu vir jantar, mãe?
— Gi, o que está fazendo? [...] — Estou postando nossa foto no Instagram — Quantas curtidas? [...] — Só quinze. Se não tiver mais, eu deleto. Drew deu risada.
Eu confesso que esperava outro desfecho para a estória. Aquele desfecho que quando você está lendo um determinado livro, acaba pensando "Mas é óbvio que vai terminar dessa forma!" Mas isso não aconteceu. Isso se deve ao fato de que eu acabei por similar a estória com outras bem parecidas e por isso, esperava um resultado igual. O que eu não imagina fosse que a autora tivesse outros planos. Em vez de mostrar um desfecho onde os personagens são manipulados a desculpar os erros de seus amigos, a autora mostra que os mesmos também tem o direito de ficar magoados, assim, levando-os a uma possível chance de reconciliação no futuro.

Mesmo assim, eu tenho que admitir que o final foi bem vago. Não sabemos como os personagens ficarão no futuro: Eles podem mudar de personalidade ou não, podem se afastar do seu grupo ou não, podem ser perdoados ou não, podem se formar ou não. Por isso, seria bem legal se tivesse uma continuação com a Gia na faculdade, eu com certeza leria! Mas afinal, eu recomendo o livro? Super recomendo e indico! 

30 comentários:

  1. Oi Babi! Eu gostei bastante do livro, mas concordo com vc sobre o final, tanto que acho que poderia ter uma continuação!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Babi,
    Esse livro está me perseguindo no final de semana.
    Acho que é um sinal para lê-lo, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Babi!
    Já li tantas resenhas desse livro... A princípio eu não leria, porque ele parece juvenil demais, mas vejo pela sua resenha que ele acaba levantando temas importantes para qualquer idade. Essa, aliás, é uma das coisas que tenho gostado em livros YA, muitos deles vão além da história em si e trazem mensagens importantes nas entrelinhas ou mesmo como foco principal. Vou tentar ler em algum momento.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla! No começo, pensei que eu não fosse gostar justamente por parecer muito juvenil, mas acabei adorando. O livro foi além do título e da capa sabe? E isso foi muito bom! Espero que tenha a oportunidade de ler em algum momento!

      Excluir
  4. Oi Babi, estava bem a fim de ler...Mas ao saber do final já me desmotivei, finais vagos me desanimam, uma pena.
    Beijos :*
    www.guriasvaidosas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma chance ao livro! Não há o porquê desanimar, acredite! Um beijo!

      Excluir
  5. Mesmo com esse final, eu vou colocar nos desejados, adorei a resenha e esses quotes escolhidos me chamaram atenção. beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! :) Coloque nos seus desejados sim, vale muito a pena!

      Excluir
  6. Oi, Babi.
    Já li uma ou duas resenhas desse livro, mas confesso que eram bem vagas. A sua me esclareceu bastante coisas.
    E gostei que apesar do final ter ficado meio vago o que detesto a autora não correu para outros fins semelhantes.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por minha resenha ter esclarecido mais coisas <3 Um beijo Camila!

      Excluir
  7. Oie
    Que pena que o desfecho não foi o que vc esperava. Tenho curiosidade pelo livro, vi várias resenhas já positivas, mas tenho um pé atrás, sei lá.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu o recomendo bastante. Quem sabe você goste! Beijos Nessa!

      Excluir
  8. Nunca havia ouvido falar desse livro, me interessei bastante por ele <3

    Ótima resenha

    beijos

    Blog Lua Soares

    ResponderExcluir
  9. Que capa fofinha! A história parece bem legal mesmo, e pelo jeito abre espaço pra continuações, né? Adoro quando a obra se estende (:


    Beijo,
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro! Apesar de não ter nada previsto para este... :(

      Excluir
  10. Oi Babi! Adorei a resenha, mas ainda não tinha visto esse livro..
    Deu vontade de ler :)
    Beijinho
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
  11. Realmente essa capa é muito linda!
    A tua resenha deu um gostinho de "quero mais".. fiquei super curiosa para ler o livro, apesar do final ser vago *-*

    Beijinhos, boa semana!
    http://www.blahoestraich.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Esse livro está na minha lista, espero que desse ano não passe!

    tenha uma ótima quarta :D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  13. Todo mundo falando nesse livro e eu tô de olho nele faz tempo!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Babi! Adorei a resenha! O livro tb chamou minha atenção, vou colocar na minha lista de leitura!
    www.blogdaju.com.br
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  15. Olá Babi!
    Lamento que o final tenha te decpecionado... é tão ruim quando gostamos da história e o desfecho se torna fraco :/
    Mas adorei sua resenha!
    Grande abraço
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO - PARTICIPE DO CONCURSO RESPONDA E GANHE

    ResponderExcluir